Construtora é condenada a pagar multa por atraso na entrega de imóvel

8 de outubro de 2014

Em decisão proferida pela juíza Iandára Peixoto Nogueira, da 28ª Vara Cível de Belo Horizonte, a construtora Even Brisa Alpha Empreendimentos foi condenada a pagar multa no valor de R$ 220 mil, além de indenização por danos morais no importe de R$ 10 mil.

No caso, a construtora se comprometeu a fazer a entrega do bem em abril de 2010, podendo inclusive, segundo cláusula contratual, dilatar seu prazo por mais 06 meses. Contudo, desrespeitando cláusula contratual ajustada, a empresa apenas finalizou seu empreendimento em maio de 2012, época em que os prejudicados começaram a fazer uso do imóvel adquirido.

A magistrada considerou que a construtora tinha conhecimento dos prazos para a entrega das chaves e, caso entendesse ser necessário um prazo maior, deveria ter estipulado contratualmente um prazo excepcional. Com relação à cláusula do contrato que previa multa apenas para o cliente, a juíza afirmou “que a imposição de multa moratória que beneficie apenas o fornecedor se configura abusiva, afrontando ao Código de Defesa do Consumidor”. Não foi considerado ainda o argumento da construtora de que houve contratempos alheios à sua vontade, o que, teoricamente, justificaria o atraso.

Vale salientar que a sentença foi proferida em 1ª instância, sendo dado à construtora a possibilidade de recurso e de reverter os prejuízos no Tribunal. Contudo, a decisão é de grande valia aos consumidores que se veem prejudicados com contratos extremamente onerosos.

Interessados na análise de casos similares e orientações gerais devem entrar em contato com a SILVA FREIRE ADVOGADOS e agendar uma consulta em uma de nossas unidades.


Share