Relevância das mudanças tributárias é destacada por economistas e empresários

6 de novembro de 2018

Reforma tributária e a necessidade de o país atrair mais investimentos se mostraram os temas relevantes tanto para os empresários, quanto para os economistas, durante evento que tratou de planos para o próximo governo federal.

Em debate promovido pelo Grupo de Líderes Empresariais (Lide), o economista Eduardo Giannetti Fonseca afirmou que a carga tributária no País é muito regressiva, por cobrar mais daqueles que ganham menos. Ele defendeu a necessidade de revisão perante o pacto federativo.

Já Mauro Benevides Filho destacou a implantação de um programa de simplificação tributária, que eliminaria obrigações consideradas acessórias e tornaria a legislação do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) uniformizada.

Investimentos

Economistas também destacaram a necessidade de atrair capital privado para a área de infraestrutura, diante da falta de recursos públicos.

“Dada a dramaticidade das finanças públicas brasileiras, não dá para sonhar com investimentos públicos”, afirmou Eduardo Giannetti. “O que dá para fazer é aumentar a confiança do investidor para atrair capital privado e ter uma maior participação do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) no campo da infraestrutura, mas não fazendo um uso agressivo da instituição, como já foi feito no passado”, acrescentou, no evento.

Para Giannetti, as principais áreas para atuação seriam a do transporte, com a intenção de diminuir a dependência do país pelo modal rodoviário e de energia sustentável. Segundo ele, o governo ainda forneceria incentivos para que essas áreas pudessem deslanchar.

Fonte: sitecontabil.com.br


Share

Tags: , , , ,